Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Diva do Sofá

Porque gostamos de ver filmes e séries, mas quer em casa, quer no cinema o importante é estarmos bem instalados.

De saltos altos

11.09.17 | A Diva do Sofá

caitlyn-wilson-114549.jpg

foto de Caitlyn Wilson on Unsplash

 

 Vocês já se deram ao trabalho de observar as mulheres a andar de saltos altos na rua?

 

Pois eu já e confesso que na maior parte das vezes fico chocada porque não sei se é suposto parecerem mais altas, mais elegantes ou simplesmente gostam de usar um instrumento de tortura nos pés.

 

Andar de saltos altos não é uma tarefa fácil, na maior parte das vezes eu não ando de saltos e quando tenho de andar, então tenho de garantir que não ando com eles nos pés por mais de 2 a 3 horas porque a partir daí a sua utilização passa a ser um esforço, por isso devo confessar que é bastante doloroso ver algumas pessoas a andar de saltos, na rua, completamente desconjuntadas. Isto na verdade é super chato porque a ideia por detrás dos saltos altos é fazer com que as mulheres pareçam mais elegantes e graciosas, mas isto não é o que se vê por aí. O que mais se vê por aí são pessoas a usarem sapatos de salto como se fossem umas chancas e com um andar tão pesado que mais parece que pesam uma tonelada. Aliás já vi mulheres a andarem de ténis, com mais leveza e graciosidade do que muitas que andam de saltos. 

 

Eu não sou, em nada, contra os saltos alto. Muito pelo contrário, para além da parte estética têm uma diversidade enorme de outras utilidades, no entanto convém usá-los com alguma parcimónia quando não se está muito habituada a fazê-lo por longos períodos de tempo ou quando podem existir algumas dificuldades de locomoção.