Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Diva do Sofá

Porque gostamos de ver filmes e séries, mas quer em casa, quer no cinema o importante é estarmos bem instalados.

Das cenas que acontecem quando casamos com um finlandês.

11.08.17 | A Diva do Sofá

IMG_20170810_165339.png

 Pois é, isto é o que acontece quando casamos com um finlandês e discutimos nomes de dragões. É óbvio que se eu tivesse um dragão chamar-lhe-ia Torquemada. Não porque seja fã da inquisição, ou do indíviduo em si, mas porque respeito as sua tendências piromaníacas. É verdade que também podia chamar-lhe Nero, em honra do Imperador Romano que incendiou Roma em 64 d.C. mas não era bem a mesma coisa porque não poderia apelidá-lo carinhosamente de "Torq" ou "Torquinho". 

 

No entanto, nunca me passaria pela cabeça chamar-lhe "Bob"... que raio de reputação teria um dragão com o nome de "Bob"? Mais! Quem levaria a sério um dragão chamado "Bob"? Se eu imaginasse uma família de dragões o pobrezito que se chamasse "Bob" deveria ser o mais massacrado da história porque não cuspia fogo, cuspia fumo e ainda corria o risco de se engasgar. E onde é que ficaria o dragon fear? Quem é que teria medo de um dragão chamado "Bob"?

 

Enfim...tenho de ter uma conversa séria, com o meu marido, sobre dragões.