Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Diva do Sofá

Porque gostamos de ver filmes e séries, mas quer em casa, quer no cinema o importante é estarmos bem instalados.

Porque gostamos de ver filmes e séries sempre bem instalados.
Seg | 03.04.17

Sobre a geração Obelix

Helena R. Moisio

Obelix.jpg

 

Ora pois muito bem, como não cumpri o meu calendário na passada 6ª-feira (que era dia de publicar qualquer coisita), hoje temos dois posts.

 

Então, eu não publiquei nada no final da semana passada porquê?

 

Porque, por motivos profissionais, na 5ª-feira passei o dia inteiro num inferno, a que deram o nome de Futurália, a aturar putos. O que vale é que eu até estava bem disposta e a coisa correu bem, tendo eu tido a oportunidade de me divertir (principalmente a massacrar as criaturinhas e a promover a necessidade de frequentarem sessões de psicoterapia no futuro... o que é  muito bom - e podem agradecer-me depois - já que havia uma parte substâncial de piquenos que queria prosseguir uma licenciatura em psicologia). Isto significa que na 6ª-feira estava viva mas, de rastos.  

 

E então lá estava eu, fresca e fofa como um cacto, na Futurália a observar a horda de mafarricos à solta. Como devem imaginar o que não me faltou foi tempo para observar as criaturinhas e eu não sei se já tiveram oportunidade de reparar mas, as jovens adolescentes portuguesas não só estão F.A.F (i.e. Fat As Fuck, terminologia utilizada por alguns estrangeiros), como também se vestem ao estilo do Obelix, com aquelas calças horrorosas de gola alta que já não se viam desde a década de 80, ficando apenas a faltar-lhes o menir atrás das costas e o petit canídeo de seu nome ideiafix.

 

Confesso que o meu sentido estético é até consideravelmente eclético, mas naquele dia saiu da Expo bastante ferido e preocupado; é que quanto às vestimentas ainda é como o outro, agora o peso (ou excesso dele) é um problema sério de saúde e o que eu vi - concentradas num único sítio - foi uma série gigantesca de miúdas efetivamente gordas. Os rapazes nem por isso, agora nas raparigas há de facto um problema e o mais chocante é que são demasiado novas para já estarem a enfrentrar este flagelo, com a agravante de que o mais provável é que nem sequer o reconhecem como tal. Neste sentido é, extraordinariamente, importante que quem tem filhos esteja atento à dieta alimentar da sua prol, porque esta tem consequências directas na saúde e indirectas - a médio e longo prazo - na diminuição da esperança média de vida.

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Seg | 03.04.17

The Angry Finn - A nova rubrica do blogue

Helena R. Moisio

Flag_of_Finland.svg.png

 

Ora bem, em beneficio da diversidade cultural e no espírito da tolerância entre os povos e paz entre as nações, vou, a partir desta semana, introduzir uma nova rubrica neste meu blogue que - muito apelativamente - se chama The Angry Finn.  

 

A rubrica The Angry Finn, são as aventuras, desventuras, desvarios e atribulações quotidianas de um Finlandês que  vive neste pequeno retactangulo lusitano a que, convenientemente, chamamos Portugal. O Finlandês em questão é o meu marido, está cá há 8 anos e como devem imaginar, as atribulações são mais que muitas, por isso nós achámos que era engraçado dar-vos a conhecer o nosso país sob a perspectiva de um nórdico no seu dia-a-dia (mais coisa menos coisa).

 

Neste sentido, espero que o vosso inglês esteja desenferrujado uma vez que será esta a lingua de trabalho.

 

Diva photo text1046322796.gif

Pág. 3/3