Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Diva do Sofá

Porque gostamos de ver filmes e séries, mas quer em casa, quer no cinema o importante é estarmos bem instalados.

No dia de Halloween

31.10.16 | A Diva do Sofá

Ora bem, o halloween não é propriamente uma celebração lá muito portuguesa. No entanto isso não significa que não tenha os seus encantos, principalmente, porque podemos imaginar este dia como se fosse uma espécie de carnaval tardio com um certo je ne sais quois a filme de terror. Tipo, para queimar os últimos cartuchos.

 

Pessoalmente, gosto da temática e gosto das maquiagens e dos efeitos especiais que saiem à rua nesta altura do ano e por isso, aqui ficam duas ideias que vi espalhadas por aí na net.

 

Ideia #1

ideia_1.gif

 original: aqui

 

Ideia #2 

Porque não a Mystique dos X-Men?

 

ideia_2.gif

 

original: aqui

 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Da série "Limpezas para que te quero!" - Parte 2

24.10.16 | A Diva do Sofá

housemaid.PNG

 

No âmbito da conclusão da saga "Limpezas para que te quero!", a única empresa que respondeu ao chamado em tempo útil e que propôs serviços adequados foi a housemaid

O que tenho a dizer em relação a esta empresa é que realizaram um excelente trabalho, as equipas são simpáticas, foram absolutamente fantásticas e a relação qualidade/preço é bastante razoável, de tal maneira que estou a pensar em contratualizar com elas, novamente, desta vez para tratarem das limpezas nesta minha nova casa.

Por isso se me perguntarem se recomendo estes serviços, a minha resposta é sim. Recomendo, pois é quase tão dificil arranjar pessoal decente para fazer limpezas domésticas como arrendar casa em Lisboa. 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Da série "Limpezas para que te quero!"

14.10.16 | A Diva do Sofá

No âmbito da saga "Querida Mudei de Casa" - parte II - se encontrar casa em Lisboa é cada vez mais dificil, tomem nota que contratar uma empresa que faça limpezas domésticas também não é fácil.

A parte dois desta saga começou poucos dias antes da minha mudança efetiva, quando resolvi adquir um voucher de uma empresa que fornecia serviços de limpeza. Eu olhei para aquilo e pensei cá de mim para comigo: "Epá, isto era uma excelente ideia e deixo a casa limpinha para entregar à minha senhoria" e pimbas! Toca de adquirir o voucher da empresa abaixo identificada:

 

empresa1.PNG

 

 "Torne a sua vida mais fácil com os nossos serviços", dizem eles.... pois... de facto, a ideia de facilitar a vida de alguém até era porreira se correspondesse à verdade mas, como a realidade é sempre mais dura do que o sonho a verdade é que não facilitam. O facto de terem uma página online, não serve para rigorosamente nada a não ser para ocupar espaço e largura de banda já que a filosofia de uma presença online e o funcionamento de emails deve ser algo tão misterioso como a engenharia nuclear ou aeroespacial. Desde o dia 3 de Outubro até hoje, nunca me responderam a um único email.

 

Entretanto, como me cansei de esperar e a minha antiga senhoria também precisa da casa, resolvi contactar outras empresas de limpezas (empresariais e domésticas). Como o Google é nosso amigo, perguntei-lhe que outras empresas destas haviam por aí e apareceu-me esta:

 

Empresa2.PNG

 

Têm orçamentos gratuitos e tudo!

Mas... como a anterior, estão ali para encher chouriços e largura de banda uma vez que responder às mensagens é substancialmente mais complicado.

 

Nos tempos que correm, as empresas que têm uma presença online têm de ter uma capacidade de resposta rápida porque é isso que se espera, nem que seja para dizer "Recebemos a sua mensagem, vamos analisar a sua proposta e vamos responder-lhe dentro de x tempo". Não podem "não responder" e deixar clientes e/ou potenciais clientes perdidos no éter. É mau para a imagem, é mau para o negócio e destruir reputações online, não só é fácil, como há quem faça disso um negócio. Por muito bons testemunhos publicados que um website possa ter, basta uma opinião negativa para introduzir ruído e colocar tudo o que é potêncial cliente mais alerta.

 

No meio disto tudo, felizmente, há empresas que respondem mesmo que, neste caso particular, tenha sido apenas uma mas, foi essa que contratei.

 

 

     

Diva photo text1046322796.gif

Das séries do momento: Luke Cage

11.10.16 | A Diva do Sofá

luke-cage.png

 

Para quem tem oportunidade de ver a Netflix, uma das séries que aconselho - para quem gosta do Universo Marvel - é a série Luke Cage. Comecei a ver no domingo passado e confesso que me tornei fã.

 

É uma série interessante, com personagens interessantes, com imensas referências (e actores) que entram noutras séries também do universo Marvel (i.e. Jessica Jones e Daredevil). 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Da série "O insólito acontece"

07.10.16 | A Diva do Sofá

insolito.jpg

 

Não sei quem é exactamente esta personagem mas, isto apareceu ontem no meu feed do facebook e eu fartei-me de rir. 

 

A verdade é que não foi tanto por causa das calinadas nesta nossa língua de Camões mas, pelo facto da criatura ter descoberto uma nova funcionalidade do photoshop (que como quase toda a gente sabe é um editor de imagem). 

 

Por favor alguém avise a senhora que ela está a confundir o photoshop com o autotune.

 

Agradecida.

 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Da série "Home Sweet Home"

07.10.16 | A Diva do Sofá

photo-BrandonMorgan.jpg

 

Após várias crises de ansiedade derivadas dos contratempos que surgem quando se procura uma nova casa para habitar, na semana passada finalmente encontrei um novo covil (que obviamente não se parece nada com a ilustração fotográfica até porque não tem paredes azuis). E no sábado passado, mudei de armas e bagagem para a nova habitação.

 

É verdade que isto assemelhou-se a uma espécie de operação relâmpago mas, o tempo urgia e não valia a pena estar a protelar a coisa. No processo descobri várias coisas, sendo que logo a primeira delas foi que a idade já não se compadece - grande coisa - com este tipo de operações e o nível da paciência não é o mesmo de quando se tem 30 anos. A segunda foi que, quando é para mudar tarecos (leves ou pesados) de um sitio para o outro, o ideal é poupar uns trocos e contratar os senhores das mudanças.

 

Pessoalmente, contratei a empresa que costuma (ou costumava, porque entretanto veio a troika) fazer as mudanças no meu local de trabalho. São pessoas que trabalham connosco há anos, que trabalham bem, são de confiança, montam e desmontam o que for necessário, são pontuais e extremamente cuidadosos. Podem não ser a empresa mais barata do mercado mas, fornecem um serviço absolutamente exemplar. Por isso se alguma vez precisarem de fazer mudanças vale a pena pedirem um orçamento à Empresa Transportes Marcolino e pedirem para falar com o Sr. Mário (que é o dono e uma pessoa excepcional). Fica a dica. 

 

      

Diva photo text1046322796.gif

Pág. 1/2