Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Diva do Sofá

Porque a vida em tons de cor-de-rosa é tão gira que devíamos atropelá-la com um camião TIR.

A Diva do Sofá

Porque a vida em tons de cor-de-rosa é tão gira que devíamos atropelá-la com um camião TIR.

Da série "I hate people".

motivational-posters-hate-people-unicorn.jpg

 

Estava aqui a pensar no quanto detesto pessoas como regra geral. É verdade que esta se trata de uma afirmação, um tanto ou quanto, injusta porque estou a generalizar e a realidade é que a coisa não é assim tão linear como parece à primeira vista. 

 

Quando eu digo; "detesto pessoas" não estou a incluir o mundo inteiro, mas estou automaticamente a caracterizar comportamentos e situações de terceiros que me causam desconforto. A gradação do desconforto pode posteriormente variar entre o "estás aqui estás a levar com um taco de baseball nos cornos" até ao " bacano, agora a sério... quem é que te ata os atacadores?". As situações mais frequentes são as relacionadas com as questões sobre os "atacadores", as outras - relacionadas com os tacos de baseball - são menos frequentes porque se tratam de respostas mais agressivas relacionadas com a percepção individual de invasão e/ou ameaça. 

 

Por exemplo, não sei se vos acontece, mas uma coisa que me deixa completamente doida são as filas dos supermercados. Desde logo eu tento ir o menos possível a supermercados (prefiro fazer as compras online), porque não percebo e não tenho paciência para pessoas que andam por ali a passear. Não consigo entender o conceito de passear num supermercado, nem o de levar criancinhas a passear no mesmo e confesso que também não quero entender porque seja porque razão for, o que eu sei é que não tenho que levar com isso excepto em situações de emergência.

 

É nestas situações de emergência que se integra a questão das filas do supermercado. Eu não sei qual é o problema que as pessoas têm em respeitar o espaço individual de cada um. É um problema de distâncias. Normalmente, não conheço o outro de lado nenhum para que este sinta que tem o direito de estar coladinho à minha pessoa. A este tipo de "invasão/ameaça", por norma, respondo de forma agressiva que pode variar entre o rosnar ou dar-lhes uma pisadela inesquecível.

 

Poder-me-ão perguntar vocês: "Então e os transportes públicos?"

 

Ó meus amores....  Nunca, mas nunca, entro em qualquer transporte público que esteja apinhado nem que esteja atrasada para o que quer que seja. Da mesma maneira que, por norma, não frequento locais cheios de gente. Já estão a imaginar o meu desespero nos santos populares não é? Eu, que até gostava de mostrar ao marido essas celebrações e coisas assim, ele diverte-se e eu fico ali - numa espécie de tortura -  a sentir-me ameaçada por todos os lados. É uma sensação horrível digo-vos já.  

 

Ainda assim, o que me aflige mesmo é o respeito pela distância pessoal. Ou falta dele neste caso.

  

Diva photo text1046322796.gif

Da motivação de segunda-feira

DDS_blogue.jpg

 Pois é verdade... segunda-feira... hoje o nível de motivação rebentou com a escala dos negativos. Ainda pensei em ficar em casa mas, depois, achei que ficavam com saudades minhas no trabalho. Assim, pus os sininhos budistas a tocar na minha cabeça e lá me arrastei para fora da cama.

 

Estou aqui a pensar que se entrar em modo zen, com uns minutinhos de meditação pode ser que a motivação apareça... se bem que até agora não está a resultar grande coisa, mas e daí também não é que tenha meditado alguma coisa.

 

Sabem o que é que acho que fazia falta aqui pela cidade de Lisboa?

 

Um sítio onde a malta pudesse ir partir coisas com um taco de baseball... quem diz um taco de baseball diz outra cena qualquer. É importante descomprimir e nem toda a gente gosta de ir para o ginásio, para além disso partir coisas - de vez em quando - sabe bem e é terapeutico. 

 

Bom, mas como - de momento não há nenhum local onde possa fazer tal coisa - vamos lá fingir que estamos muito interessados no trabalho e naqueles emails em que toda gente faz reply-all para opinar sobre um qualquer assunto idiota que não pede opiniões, nem é uma discussão. 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Em modo de Primavera

DDS_12.jpg

 Pois é verdade, parece que chegámos a mais uma primavera e mesmo que não pareça, posso garantir-vos que ela - a prima - chegou... quanto mais não seja, esta afirmação é validada pelas minhas visitas mais frequentes à farmácia local para comprar os anti-histamínicos da época. 

 

Ora bem, eu gostava de ter umas palavras bonitas e fofinhas para dizer acerca da coisa mas, na verdade, não tenho muito jeito para dizer cenas doces e fofas acerca de uma época do ano que me deixa, literalmente, com o pingo no nariz e agarrada a um lenço. E como se a história do lenço já não fosse má o suficiente, este é igualmente o prelúdio para a época do famigerado calção... Óóóó pecinha de roupa abominável!!!... Credo!!!

 

Há todavia um aspecto positivo que me agrada no equinócio de Primavera e que é o facto de haver mais horas de luz, o que consequentemente faz baixar - um pedacito, bem sei que não é nada de especial - a conta da electricidade. Portanto, nem tudo é mau e há que ver as coisas pelo lado positivo. Vamos sobreviver a isto.   

 

Diva photo text1046322796.gif

Pesquisar

 

Da mesma Autora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Diva no Facebook


A Diva no Twitter

Bloglovin

Follow

Mensagens

Outros

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Divas que andam por aí

IP Address
Unique Hits