Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Diva do Sofá

Porque a vida em tons de cor-de-rosa é tão gira que devíamos atropelá-la com um camião TIR.

A Diva do Sofá

Porque a vida em tons de cor-de-rosa é tão gira que devíamos atropelá-la com um camião TIR.

Técnicas de Gestão Alucinada (a.k.a. T.G.A)

DDS_blog.jpg

 Curiosamente, o universo passa o tempo a escangalhar-me a agenda de publicações temáticas do blogue. Eu não ia escrever sobre Técnicas de Gestão Alucinada, até porque é um conceito em desenvolvimento, mas o meu lado profissional falou mais alto e não me deixou outra alternativa que não fosse introduzir-vos a este novo conceito de gestão.

 

Ora bem, as Técnicas de Gestão Alucinada (T.G.A), são caracterizadas por se tratarem de actos de gestão praticados por dirigentes sob efeito de substâncias alucinogénicas. Portanto, como devem imaginar é algo que acontece com alguma frequência aqui neste cantinho à beira-mar plantado. Os dirigentes, são como os psicopatas homicidas, são super simpáticos, carismáticos, atractivos e um verdadeiro mimo de boas intenções desde que ninguém abra a porta da cave.

 

O meu marido costuma dizer que os portugueses não sabem gerir o que quer que seja. Não sabem gerir pessoas, não sabem gerir equipas, não sabem gerir organizações. Não têm aptidão, nem competências para tomar decisões racionais. Não decidem em função das necessidades da organização, mas sim em função das necessidades de curto-prazo do "Ego".

 

Pessoalmente - e de uma maneira geral - estou completamente de acordo com o raciciocínio dele e no dia 21 de Março foi lançado um estudo, conduzido pela Universidade do Minho, que eu que penso que reflecte um bocado esta ideia. O maior problema das organizações são os seus dirigentes que tendem a colocar a necessidade de gratificação a curto-prazo do "Ego" à frente da sustentabilidade da organização em si e transformam a sua gestão num jogo de soma zero (i.e. no âmbito da teoria dos jogos, um jogo de soma zero é aquele em que para um ganhar o outro tem de perder). Uma organização é um organismo vivo composto por pessoas, todas elas com a sua função. Se aquela que tem por principal função ser o cérebro das operações, padecer de uma qualquer dependência de substâncias susceptíveis de induzir uma sensação de gratificação imediata, então o organismo tem um problema cujas consequências são: ou a sua insustentabilidade a médio e longo prazo; ou uma ressaca monumental.

 

Diva photo text1046322796.gif

Da motivação de segunda-feira

DDS_blogue.jpg

 Pois é verdade... segunda-feira... hoje o nível de motivação rebentou com a escala dos negativos. Ainda pensei em ficar em casa mas, depois, achei que ficavam com saudades minhas no trabalho. Assim, pus os sininhos budistas a tocar na minha cabeça e lá me arrastei para fora da cama.

 

Estou aqui a pensar que se entrar em modo zen, com uns minutinhos de meditação pode ser que a motivação apareça... se bem que até agora não está a resultar grande coisa, mas e daí também não é que tenha meditado alguma coisa.

 

Sabem o que é que acho que fazia falta aqui pela cidade de Lisboa?

 

Um sítio onde a malta pudesse ir partir coisas com um taco de baseball... quem diz um taco de baseball diz outra cena qualquer. É importante descomprimir e nem toda a gente gosta de ir para o ginásio, para além disso partir coisas - de vez em quando - sabe bem e é terapeutico. 

 

Bom, mas como - de momento não há nenhum local onde possa fazer tal coisa - vamos lá fingir que estamos muito interessados no trabalho e naqueles emails em que toda gente faz reply-all para opinar sobre um qualquer assunto idiota que não pede opiniões, nem é uma discussão. 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

E a minha série do momento é... Iron Fist

via GIPHY

 

Assim de repente, o  título Iron Fist, até pode parecer que saiu de um filme pornográfico, mas não saiu e não é. Trata-se da  nova série da Marvel que estou a ver na Netflix, baseada na banda desenhada do Punho de Ferro. 

 

Para quem cresceu a ler livros aos quadradinhos da Marvel (tipo eu e sou super-fã dos X-men) passou, certamente, pelas histórias do Punho de Ferro, um super-herói lutador de artes marciais que se chama Danny (Daniel) Rand e aparece pela primeira vez em 1974.

 

Agora, juntamente com as séries Daredevil (que já está prevista a 3ª temporada), Jessica Jones (que também vem aí a 2ª temporada) e Luke Cage (também com 2ª temporada anunciada), temos também Iron Fist protagonizada pelo actor Finn Jones, que não é nada mais nada menos do que... o "piqueno" Loras Tyrell', The Knight of Flowers da Guerra dos Tronos    Não se preocupem, está muito (mas muito) compostinho como Danny Rand e até lhe meteram uma tatuagem e tudo (o personagem dos livros aos quadradinhos também a tem). A Diva aprova... a tatuagem e o resto que vem com a tatuagem. 

 

 

via GIPHY

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Trivialidades de uma quarta-feira.

IMG_0140.JPG

 

 Ora bem, como hoje não me apetece falar de coisas sérias - e como estou a escrever este post através do meu iPad (por isso desculpem lá se isto estiver com umas dimensões um pouco estranhas, estou a fazer experiências ) - vou só falar do verniz que comprei há 2 semanas atrás mas só experimentei no domingo passado. 

 

Antes que me perguntem, não sei quem é a Pipoca mais Doce e também não fui pesquisar só para fingir que sei montes acerca da cena. Só sei que é um blogue e que para ter lançado uma coleção de vernizes (bem gira, diga-se), deve ser sobre moda e beleza e coisas assim. 

 

Bom, então comprei esta cor designada por: coral mais doce. E não é que achei a cor muito gira? Não costumo usar estas cores, que para mim são, assim tão exuberantes mas gostei bastante do resultado e mais! Considerando que fui eu quem pintou as minhas próprias "garras" até ficou um trabalho jeitoso. 

 

Por isso mesmo que eu não saiba quem é a tal da Pipoca, ainda bem que se associou a uma jovem empresa portuguesa ( sim, não sei quem é a Pipoca mas fui meter o nariz na empresa) e lançou uma coleção destas com umas cores tão engraçadas. Esta cor em particular comprei no Pingo Doce do Strada (em Odivelas) mas, eles tinham lá um expositor inteiro com uma série de cores diferentes e muito giras também. 

 

Assim, se por acaso tiverem oportunidade e se cruzarem com um expositor destes. Dêem uma vista de olhos, até porque o verniz é de boa qualidade.

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Em modo de Primavera

DDS_12.jpg

 Pois é verdade, parece que chegámos a mais uma primavera e mesmo que não pareça, posso garantir-vos que ela - a prima - chegou... quanto mais não seja, esta afirmação é validada pelas minhas visitas mais frequentes à farmácia local para comprar os anti-histamínicos da época. 

 

Ora bem, eu gostava de ter umas palavras bonitas e fofinhas para dizer acerca da coisa mas, na verdade, não tenho muito jeito para dizer cenas doces e fofas acerca de uma época do ano que me deixa, literalmente, com o pingo no nariz e agarrada a um lenço. E como se a história do lenço já não fosse má o suficiente, este é igualmente o prelúdio para a época do famigerado calção... Óóóó pecinha de roupa abominável!!!... Credo!!!

 

Há todavia um aspecto positivo que me agrada no equinócio de Primavera e que é o facto de haver mais horas de luz, o que consequentemente faz baixar - um pedacito, bem sei que não é nada de especial - a conta da electricidade. Portanto, nem tudo é mau e há que ver as coisas pelo lado positivo. Vamos sobreviver a isto.   

 

Diva photo text1046322796.gif

Pág. 1/3

Pesquisar

 

Da mesma Autora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Diva no Facebook


A Diva no Twitter

Bloglovin

Follow

Mensagens

Outros

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Divas que andam por aí

IP Address
Unique Hits