Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Diva do Sofá

Porque a vida em tons de cor-de-rosa é tão gira que devíamos atropelá-la com um camião TIR.

A Diva do Sofá

Porque a vida em tons de cor-de-rosa é tão gira que devíamos atropelá-la com um camião TIR.

Trivialidades de uma quarta-feira.

IMG_0140.JPG

 

 Ora bem, como hoje não me apetece falar de coisas sérias - e como estou a escrever este post através do meu iPad (por isso desculpem lá se isto estiver com umas dimensões um pouco estranhas, estou a fazer experiências ) - vou só falar do verniz que comprei há 2 semanas atrás mas só experimentei no domingo passado. 

 

Antes que me perguntem, não sei quem é a Pipoca mais Doce e também não fui pesquisar só para fingir que sei montes acerca da cena. Só sei que é um blogue e que para ter lançado uma coleção de vernizes (bem gira, diga-se), deve ser sobre moda e beleza e coisas assim. 

 

Bom, então comprei esta cor designada por: coral mais doce. E não é que achei a cor muito gira? Não costumo usar estas cores, que para mim são, assim tão exuberantes mas gostei bastante do resultado e mais! Considerando que fui eu quem pintou as minhas próprias "garras" até ficou um trabalho jeitoso. 

 

Por isso mesmo que eu não saiba quem é a tal da Pipoca, ainda bem que se associou a uma jovem empresa portuguesa ( sim, não sei quem é a Pipoca mas fui meter o nariz na empresa) e lançou uma coleção destas com umas cores tão engraçadas. Esta cor em particular comprei no Pingo Doce do Strada (em Odivelas) mas, eles tinham lá um expositor inteiro com uma série de cores diferentes e muito giras também. 

 

Assim, se por acaso tiverem oportunidade e se cruzarem com um expositor destes. Dêem uma vista de olhos, até porque o verniz é de boa qualidade.

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Em modo de Primavera

DDS_12.jpg

 Pois é verdade, parece que chegámos a mais uma primavera e mesmo que não pareça, posso garantir-vos que ela - a prima - chegou... quanto mais não seja, esta afirmação é validada pelas minhas visitas mais frequentes à farmácia local para comprar os anti-histamínicos da época. 

 

Ora bem, eu gostava de ter umas palavras bonitas e fofinhas para dizer acerca da coisa mas, na verdade, não tenho muito jeito para dizer cenas doces e fofas acerca de uma época do ano que me deixa, literalmente, com o pingo no nariz e agarrada a um lenço. E como se a história do lenço já não fosse má o suficiente, este é igualmente o prelúdio para a época do famigerado calção... Óóóó pecinha de roupa abominável!!!... Credo!!!

 

Há todavia um aspecto positivo que me agrada no equinócio de Primavera e que é o facto de haver mais horas de luz, o que consequentemente faz baixar - um pedacito, bem sei que não é nada de especial - a conta da electricidade. Portanto, nem tudo é mau e há que ver as coisas pelo lado positivo. Vamos sobreviver a isto.   

 

Diva photo text1046322796.gif

Directamente da terra do sol nascente - BABYMETAL- Karate

DDS_Blogue_BM.jpg

Nestas aventuras do Metal chega-nos do Japão a banda BABYMETAL , que combina os três estilos das vocalistas de Su-metal, Yuimetal e Moametal e que enquadram esta banda dentro dos géneros musicais Avant-garde Metal e Heavy Metal, com umas passagens pelo Japanese Pop de vez em quando. 

 

Esta é uma banda nascida em 2010 que conta então com as vozes  de Suzuka Nakamoto,Yui Mizuno e Moa Kikuchi, sendo que estas 3 miúdas são um verdadeiro espectáculo e mostram ao mundo que se pode cantar noutra língua que não o inglês.

 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Miss Sloane

MissSloane.jpg

 No passado fim de semana estive a ver o filme "Miss Sloane", que tem como protagonista a actriz Jessica Chastain. Também experimentei o Mobdro no meu tablet da Asus e posso dizer que não fiquei grandemente impressionada, apesar de ter algumas funcionalidades positivas mas sobre isso falarei noutra altura. Hoje queria falar-vos antes sobre este filme cuja classificação na IMDB (6.9) me parece bastante injusta.

 

O filme traz-nos a história de uma mulher com uma capacidade estratégica brilhante no mundo do lobby político norte-americano que arrisca toda a sua carreira a fim de passar com sucesso uma emenda com leis de controle de armas mais rígidas. Por outras palavras, vai chocar de frente com o lobby das armas americano.

 

Confesso que não é o tipo de filme que me ocorresse ver sem nenhum empurrãozinho de terceiros e este empurrãozito veio da parte do meu marido quando me disse: "Vê este filme que vais gostar. Ela é igualzinha a ti". 

 

Certo... Ruiva, de olhos claros... eu diria que era praticamente a minha fotocópia... se eu fosse ruiva e de olhos claros. Portanto, não era bem isso que ele queria dizer. 

 

De resto - e depois de ver o filme - até consegui perceber a ideia por detrás de tal afirmação. Se retirarmos o aspecto físico e a adição a comprimidos que nos fazem ficar acordadas da equação, a coisa até se percebe bem principalmente quando ela diz:

 

"Lobbying is about foresight, about anticipating your opponent’s moves, and devising counter measures. The winner plots one step ahead of the opposition and plays her trump card just after they play theirs. It’s about making sure you surprise them, and they don’t surprise you."

 

Isto é algo que percebo bem visto que o meu cérebro opera sempre neste registo e digo-vos uma coisa; é muito cansativo e extraordinariamente dificil de sair deste ciclo (excepto quando estou a dormir, quando estou a dormir não há problema). É algo que tem vantagens (desde logo ao nível da análise e do desenvolvimento de uma capacidade de antecipação brutal) e inúmeras desvantagens (porque não há um botão onde possamos desligar a coisa). Trata-se de um jogo onde não há espaço nem para emoções, nem para afectos. Tudo é objectivo, racional e os ataques e os contra-ataques são altamente violentos (não no sentido físico do termo). O importante é ganhar mas, se não ganharmos então atiramos a casa toda abaixo e caiem todos connosco. Sem medos.

 

Como calculam um perfil assim, em alguns ambientes profissionais, é fantástico. Na esfera pessoal, das relações humanas, é uma verdadeira catástrofe. Por isso, fiquei um bocado sem saber como é que deveria interpretar as palavras do meu marido; se como um elogio ou como uma crítica. Todavia, o meu ego já pôs uma data de likes no comentário do maridão.

 

 

 

Diva photo text1046322796.gif

Pesquisar

 

Da mesma Autora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Diva no Facebook


A Diva no Twitter

Bloglovin

Follow

Mensagens

Outros

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Divas que andam por aí

IP Address
Unique Hits